Quando somos bons para os outros, somos ainda melhores para nós

IMG-20171110-WA0007

 

Formamos parte de um grupo de pessoas privilegiadas. Temos nossas famílias, lares, alimentos, vestimentas, amigos e, principalmente, temos saúde. Normalmente nos preocupamos sempre em almejar algo a mais e criar demandas que muitas vezes nos custam caro, esquecendo-se de agradecer aos privilégios que não são poucos. Fazer o bem não custa nada e pode fazer toda a diferença para alguém em especial. Esta semana tivemos uma experiência vivenciada por um aluno do Colégio Fayal que nos emocionou pela atitude e que poderá servir de inspiração para muitos.

O aluno do 8º ano do Ensino Fundamental - João Victor Rodrigues- decidiu cortar suas madeixas e optou em fazer a  doação do cabelo à Associação Madre Teresa que trabalha em parceria com a Unacon  - Unidade de alta complexidade em Oncologia -  na coleta de cabelo para a confecção de perucas cedidas a pessoas que, em função do tratamento de câncer, acabam perdendo o cabelo.

Através da Portaria Ministerial nº 253 de 19 de abril de 2008 o Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen foi credenciado como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, passando a atender toda população da região da AMFRI - Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí - nas diversas especialidades determinadas pelo Termo de Compromisso de Acesso. Todo serviço prestado na UNACON é exclusivo para pacientes provenientes do Sistema Único de Saúde.

Segundo representante da  Unacom, além da própria luta contra a doença, que é um processo difícil, a perda dos fios afeta o lado psicológico fazendo muita diferença no processo de cura.  O uso de uma peruca pode ser o diferencial, fazendo com que estas pessoas  sintam-se mais bonitas e confiantes, enfrentando assim de forma mais positiva o tratamento. Para confeccionar uma peruca são necessários pelo menos 300g de cabelos; por isso cada peruca usa pelo menos três doações.

A ideia do João serve de exemplo e poderá  despertar a vontade dos que queiram viver esta mesma emoção.                

Para a doação são necessários alguns cuidados como :

  • cortar o cabelo seco com no mínimo 20 cm para melhor aproveitamento.
  • separar e prender as mechas  nas pontas com elásticos (não importa se tem química ou é pintado).
  • levar ao ponto de coleta que fica no andar térreo do Hospital Marieta.

Vamos fazer a diferença?

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *